sexta-feira, 25 de julho de 2008

Secando os bolsos - meio milhão em dez dias !


.'.




Sobre a essa "lei" seca, cheirada e fumada: Foram 665 autuações, cada uma multa de 1000 reais.


Mais de meio milhão de reais em 10 dias.


Farra de multas igual aos radares eletrônicos?

Cabe ao POLICIAL o "diagnóstico" de embriaguez.


Sim...


É isto mesmo!


Não.. Eu não enlouqueci e escrevi tamanha BESTEIRA.

Está na Lei...



Só isto já parece suficiente para desacreditá-la, e aos seus mentores...



A única profissão autorizada a diagnósticar é a médica!



E tá na cara que vai virar propina:


Pague mil ao guarda para não ser multado em mil, perder a carteira e ser preso... Policiais mal-remunerados... Apoio da imprensa cor de abóbora que deseja ver classe-média esclarecida na cadeia? Ganância de nossos governantes por dinheiro!?!?!


DIAGNÓSTICOS-POLICIAIS de ocasião ?
.'.

Não FAÇA o BAFÔMETRO mesmo que NÃO TENHA BEBIDO:

PODE dar FALSO-POSITIVO:

Bombons de licor;

Homeopatia e medicamentos com alcool;

Diabetes descontrolado;

Contato prolongado recente com éter (laboratórios, hospitais);

Etc. Dizem que até chocolate em excesso pode acusar o bafômetro nesse nível.

Tente livrar-se conversando com o policial. Sem propina, é claro!

USAM como AMEAÇA encaminhá-lo ao IML para PERÍCIA.

Ai começas a GANHAR ao invés de pagar:

No IML será examinado por um médico.
NUNCA ADMITA que BEBEU.

Não DEIXE tirarem SANGUE ou URINA para ANÁLISE.

FALE APENAS o ESTRITAMENTE NECESSÁRIO:

Afinal, você é quem tem razão, e está cansado de - sendo honesto, e cumpridor de seus deveres, ser perseguição por um Governo que tolera o consumo de drogas (veja blogs anteriores).


A legislação que havia é boa. Se fosse cumprida, tirando das ruas os que cometiam excessos, tudo ficaria bem. Agora querem mudar os hábitos dos brasileiros. Tomar um cálice de vinho com as refeições é até recomendação médica para saúde pública!


Enquanto isto, tem gente drogada, cheiro coca, fumou maconha, crack, cujo aumento disparou nos últimos dias, rindo da nossa cara...


A lei não obriga a fornecer provas que incriminem.


No Brasil dirigir é direito e não concessão do estado, como em outros países, onde ali soprar o bafômetro e dar sangue e urina para análise é imposição.

O máximo que pode acontecer?

Ser detido sob SUSPEITA de embriaguez.

Pague a fiança.

No dia seguinte dirija-se ao Detran e pegue de volta sua carteira de habilitação que só será recolhida/apreendida se for julgado culpado.


Entre c/processo contra o Estado que prendeu sem causa, nada foi provado e foi apenas suspeito.
Arranje um bom advogado e na lei só vale o que é provado.

Ninguém pode ser preso ou punido por "suspeitas", e a única prova incontestável de embriaguez é a dosagem de álcool no sangue ou urina, ou uma confessão.


Blog sobre a Lei seca, cheirada, e fumada:
http://padilla-luiz.blogspot.com

Estudamos uma Ação que será muito POPULAR para acabar com essa Lei....


Divulgue aos amigos...