sexta-feira, 18 de setembro de 2009

KARATE projeto SOCIAL em PORTO ALEGRE organizado pelo professor Nelson Guimarães

Rio Grande do Sul vem se destacando por projetos de fantástico cunho social dos professores do Karate:

Através de parcerias, a Federação de Karate, abrance as principais cidades com o projeto ALÉM DO ESPORTE:



Também há iniciativas privadas, de cunho social, dígnas dos maiores encômios:

KARATE projeto SOCIAL em PORTO ALEGRE organizado pelo professor Nelson Guimarães

Publico alvo: Alunos carentes de 9 a 18 anos de escolas estaduais.

 Desde 1963 quando chegou Mestre Takeo Suzuki – 8° DAN ao Estado, primeiro Mestre de Karate a vir para o Rio Grande do Sul, a Escola Dojinmon de Karate Wado-Ryu fez tradição no ensino do Karate focado no crescimento pessoal, a chamada luta consigo mesmo.
   Em 1980, o Mestre Nelson Guimarães 6° DAN, passou a liderar esse movimento que prima por manter as tradições do ensino - na sua essência - original oriunda das mais remotas tradições da cultura oriental.

 Na busca de sempre ir mais além, em 1995, o Mestre Nelson atendeu à solicitação da Diretoria da Escola Jerônimo de Ornelas, num trabalho de amigo da escola, levando esta cultura milenar para os jovens da periferia em situação de risco social.  Iniciou-se um curso, nas dependências da escola... Era um trabalho que envolvia retirar as classes da sala de aula,  e lavar o chão para poder realizar as aulas, com os pes descalços. Os alunos passaram a encarregar-se desta incumbência, com alegria e determinação proporcionados pelo aprendizado.

 Mais adiante, com o apoio obtido da Academia da Brigada Militar, a prática do curso foi levada para uma sala da Academia Militar, localizada nas proximidades da Escola e da residência dos alunos.

 Na Academia da Brigada houve um ambiente propício para o desenvolvimento do trabalho e, superados alguns percalços, segue forte e consolidado, num grupo de 40 alunos praticando, para os quais através de patrocínios e colaboração dos praticantes do Espaço Dojinmon de Karate, todos alunos, de comunidades carentes, receberam o uniforme de karate.

 A ênfase do curso é a disciplina, o respeito, a hierarquia, a higiene e a evolução pessoal, traduzidos, principalmente, no desempenho escolar. Dentro desta filosofia, realizarão um Exame para promoção de Kyu (faixa) dos alunos participante do Projeto de Inserção Social através do Karate Dentro do exame ocorrerá um campeonato de karate com uma nova perspectiva, onde os atletas fazem apresentações técnicas e lutas para obter pontos, sagrando-se vencedor aquele que obtiver maior quantidade, evitando a competitividade excessiva que poderia descaracterizar o cunho de auto-aperfeiçoamento. A luta maior é consigo mesmo, para superar-se, e não com o outro.  O atleta não vence ao outro, mas a si mesmo. Luta pelo seu rendimento, valorizados o comportamento, técnica, postura, controle e respeito pelos adversários.

 Assim, busca-se um novo tipo de competição, caracterizando que a verdadeira vitória não é a primitiva - de um sobre o outro, e sim a evolução, aperfeiçoamento, desempenho, na filosofia das Artes Marciais.


O Projeto tem como mentor e Responsável Técnico :
Mestre Nelson Guimarães 6° DAN*
Supervisor Prof. Carlo Almeida 2° Danas
Instrutor Rodimar Carvalho 1° DAN


* O Shiram Nelson D´Avila Guimarães - após dezenas de anos de estudo e prática, iniciados em 1974, em 1988 fundou a Federação Gaúcha de Karate e foi o 1º presidente, reeleito para as gestões 1991/4 e 1994/7. Membro Titular do Conselho Regional de Desportos (1991/2001)
Membro do Conselho de Arbitragem da Confederação Brasileira de Karate (1992/1997)
Professor e árbitro internacional
Ativista comunitário, presidiu e fundou clubes de Rotary
É ARQUITETO bem sucedido em sua atividade, com inúmeras obras realizadas

No site do Jornal Zona Norte, a reportagem:
+ fotos desse evento: