Pesquisar este blog

Carregando...

quinta-feira, 29 de setembro de 2016

Miguel de Unamuno paladino da verdade

Miguel de Unamuno y Jugo

  Celebra-se 152 anos do nascimento do genial espanhol maior filósofo do existencialismo cristão.

  A essência humana é atributo divino tornando-nos responsáveis por nossas atividades mediante as quais construímos um significado para a nossa existência.

  Unamunoconsiderado o mais completo pensador espanhol da chamada Generação de 98, foi o precursor da principal máxima do conjunto de tecnologias transdisciplinarmente operacionalizadas como psicoterapia e tecnologia de comunicação por Richard Bandler e demais gênios da NLP Neuro-linguistic programming, no Brasil PNL programação neurolinguística:

  "A vida é feita de escolhas."


Unamuno defendeu a verdade como o esteio da sociedade!
Há dois milênios, Platão advertira: os bons omissos terminam governados pelos maus.
Um milênio e meio depois, Leonardo da Vince, alertara: a omissão de oposição aos maus incentiva à maldade.
Em meados do século XX, Luther King não se preocupava com os maus e, sim, com o silêncio dos bons!
Contudo, completando o quarteto de luminares, no limiar dos séculos XIX e XX, Miguel de Unamuno, proferiu a mais atual das lições:


            “A verdade antes da paz.


























A Monja Coen: 

A verdade é pressuposto do bem estar social:




 Geralmente, "uma imagem vale mil palavras". Por isto, fotos da época de Unamuno auxiliam a entender a dimensão de sua genialidade.


Unamuno possuia 16 anos de idade quando 
o ponto mais alto de París era este em 1880.
  O terceiro filho do comerciante Félix de Unamuno Larraza e de sua sobrinha, Salomé Jugo Unamuno...

    Nasceu na rua Ronda, no bairro de Casco Viejo em Bilbau, Espanha, no dia 29 de setembro de 1864.

A Estátua da Liberdade estava sendo construída 

antes de ser instalada na entrada de Nova Iorque.

Unamuno contava com 44 anos de idade quando 
as ruas de Nova Iorque estavam assim em 1908.

Unamuno era Reitor da USAL Universidade de Salamanca desde 1900, quando foi nomeado com apenas 36 anos!
Há dois portões na USAL Universidade de Salamanca:
a porta do bem e a do mal; esta, jamais é aberta!

Unamuno ainda era Reitor aos 46 anos de idade 
quando patins foram grande novidade em 1910.

Diferente da pacata Nova Iorque da época, 
Chicago ficava apinhada na hora do "rush".

Unamuno ainda era o Reitor aos 48 anos de idade em 
1912 quando Machu Picchu foi fotografada pela 1ª vez.
 

O Titanic afastava-se de Queenstown, Irlanda, dia 12 de 
abril de 1912, na última foto conhecida antes de afundar.
 

O desastre do Titanicem 16 de abril de 

1912, foi a principal notícia em Londres a
Unamuno ainda era o Reitor da USAL.

 


Nessa época, ultimou a obra "Del sentimiento trágico de la vida 

en los hombres y en los pueblos", mais conhecida
como "Del sentimiento trágico de la vida".

Leia on line:
https://archive.org/details/delsentimientot00unam



Com influência de Kierkegaard e Santo Ignacio de Loyola

foi publicado em 1913 ensaio filosófico com profunda 
incursão na problemática existencial do ser humano. 



Acesso ao texto:
https://es.wikisource.org/wiki/Del_sentimiento_tr%C3%A1gico_de_la_vida

Vídeo book:



Unamuno era Reitor aos 50 anos de idade em 1914 quando, pela

primeira vez, um veículo foi fotografado na borda do Grande Cânion.

William Harley e Arthur Davidson,  no mesmo ano de 
1914, fotografaram-se com as suas respectivas motos.

  Unamuno é um dos maiores expoentes literários da Espanha e da Europa do século XX pelos caminhos da prosa de ficção ou do ensaísmo filosófico e personalidade de grande prestígio cultural nos países de língua espanhola e na Europa
  Neste livro, escrito em 1907 e cuja 1ª. edição foi publicada em 1914,0 alcança grande notoriedade. O romance Névoa designada por nivola com alguma originalidade, conheceu um grande sucesso através das muitas traduções europeias (e não só) no espaço de vinte anos e próprio Unamuno o comenta no prólogo da edição portuguesa.


  Névoa é, sobretudo, a história de um amor trágico. Augusto Pérez é adulto ainda vivendo com a sua Mãe quando conhece a pianista Eugénia, mulher de outros amores, interessada na fortuna de Augusto o qual, nela, descobre o seu primeiro amor, o amor de todos os amores.
 Para os críticos, este romance assinalou um ponto de mudança na ficção unamuniana. Era, na época, uma obra inovadora jogando com vários elementos estruturais e psicológicos ou artifícios literários, a começar pelo prólogo assinado por Víctor Goti, o qual também entra na novela, a pedido do próprio Unamuno, para desvendar ao leitor algumas das "pistas" narrativas da sua história. 
 Um aspecto interessante deste Névoa reside no longo diálogo entre Augusto Pérez, a personagem central, e Miguel de Unamuno acerca do desfecho desejado a narrativa do qual Augusto discorda colocando em dúvida a existência real do autor ou a sua visão pessimista do sentimento trágico da vida e, ainda, a velha questão do criador e da sua própria criatura.




  História urdida nos interesses imediatos da vida, a sorte e o acaso, o amor e o desinteresse dos tios de Eugénia de levarem adiante a paixão de Augusto para resolverem a sua difícil situação financeira. Tudo perpassa no admirável romance de Unamuno para enaltecer os valores do bem e do mal, do amor e do ódio, do sonho e da esperança.
 Tudo é caldeado num ritmo narrativo cheio de irónicas observações ou através de situações bem descritas ou ainda pelos bem interessantes e curiosos solilóquios de Augusto com Orfeu, o seu cão, no intuito de não perder de vista uma história que é verdadeiramente amorosa e levada às últimas consequências: o desencanto, a desilusão e o suicídio de Augusto Pérez.
 Como uma síntese dos diferentes gêneros literários utilizados por Miguel de Unamuno (1864-1936), Névoa mereceu desde o aparecimento uma larga popularidade. Interrogando-se acerca desta predileção da maioria dos leitores, o autor de O Sentimento Trágico da Vida chegou, assim, à conclusão de a fantasia e a tragicomédia desta história serem o que "mais fala e diz ao homem individual que é o universal, o homem que se coloca ao mesmo tempo acima e abaixo das classes, castas, posições sociais, seja ele pobre ou rico, plebeu ou nobre, proletário ou burguês".

  Romance de costumes ou a história de um amor incompreendido, Névoa revela ainda a originalidade de o próprio Autor comparecer no meio da história, não para corrigir o seu próprio desfecho, mas antes para dialogar com a personagem que cria ou reinventa: por isso, os diálogos entre Unamuno e Augusto Pérez, a par da descrição do seu gabinete de trabalho em Salamanca, onde viveu e morreu, afirmam-se como o ponto alto e mais original de um romance que quase cem anos depois se lê com o prazer de uma descoberta ou a confirmação do génio literário de Miguel de Unamuno.


Unamuno alcançava os 51 anos de idade em 1915 quando a obra prima
de Gaudí, La Sagrada Familia em Barcelona, viu-se rodeada de cabras.

Até o tamanho dos trajes de banho era controlado em 1922!
 

Naquele ano de 1922, a tumba do faraó Tutankamón foi encontrada intacta.



Unamuno foi exilado por sucessivos ataques à monarquia de Afonso XIII de Espanha, de 1926 a 1930, nas Ilhas Canárias e França, de onde só voltaria depois da queda do general Primo de Rivera.


Miguel de Unamuno e Ignacio Zuloaga en El Retiro

Em 1928, os ônibus de Londres eram assim:
 

Novamente, Unamuno foi nomeado Reitor da USAL em
1931, ano da inauguração do edifício Empire State Building.
 



Naquele ano de 1931, Unamuno foi Deputado:



Enquanto isto, no EUA, na cozinha de Al Capone, os pobres 
faziam fila para receberem comida grátis.

No ano seguinte, 1932, Unamuno ainda era Reitor 
quando as mulheres protestaram contra a Lei Seca.
 





Em 1936, a represa Hoover ainda não continha água quando
aconteceu o "incidente" na Universidade de Salamanca.
 

  O incidente na Universidade de Salamanca:
  Em 12 de outubro de 1936, Unamuno estava com 72 anos. Como Reitor, presidia o ato de abertura do ano letivo no salão nobre da Universidade quando um dos oradores, Francisco Maldonado de Guevara, lançou um candente ataque contra a Catalunha e o País Basco, qualificando-os de "anti-Espanha e de tumores no sadio corpo da nação" asseverando "o fascismo redentor da Espanha saberá como exterminá-los, cortando na própria carne, como um decidido cirurgião, livre de falsos sentimentalismos". Elogiou o papel do Exército empenhado numa "verdadeira cruzada nacional" afirmando serem, catalães e bascos, "exploradores do homem e do nome da Espanha ... vivendo até agora, em meio a este mundo necessitado e miserável do pós-guerra, em um paraíso de fiscalidade e de altos salários, às custas do povo espanhol".

  Alguém na platéia gritou o lema da Falange: "Viva la muerte!" e Milán-Astray, general falangista, respondeu com o costumeiro repto: "Espanha!". A plateia respondeu "Unida!". Ele repetiu "Espanha!" e a massa replicou "Grande!". Millán-Astray exclamou pela terceira vez "Espanha!" e a multidão gritou "Livre!". 

  Um grupo uniformizado com as camisas azuis da Falange entrou no recinto e fez uma saudação oficial - o braço direito ao alto - ao retrato de Franco pendente em uma parede.

  Para entender o discurso e o que se seguiu como provocação direta à Miguel de Unamuno, o Reitor presidindo a cerimônia, lembre-se: ele nasceu no País Basco. Quando terminava os estudos no Colégio de São Nicolás, testemunhou o cerco a sua cidade durante a 3ª Guerra Carlista, refletindo-se em sua primeira novela, Paz en la guerra. O sítio iniciou em 28 de desembro de 1873; dois meses depois, em fevereiro de 1874, a situação agravou-se quando interrompido o abastecimento através do rio e, no dia 21, começo o bombardeio de Bilbao. O  cerco finalizou em 2 de maio de 1874 com a entrada das tropas liberais comandadas pelo general Gutiérrez de la Concha. Quando doutorou-se em Filosofia e Letras em 1884 na Universidade de Madrid, a tese de Unamuno foi sobre a língua basca: "Crítica del problema sobre el origen y prehistoria de la raza vasca", lançando a sua ideia sobre a origem dos bascos contrárias às, depois, lançadas alimentando o nacionalismo basco dos irmãos Arana Goiri defensores de uma "raça basca" no sentido de etnia e não contaminada por outras. Em 1891, obteve a cátedra de grego na Universidade de Salamanca. Portanto, era catedrático a 45 anos e era Reitor quando ocorreu aquela patética ode ao fratricídio.

 Não há registro escrito do exato conteúdo da intervenção de Unamuno embora sejam várias as reconstruções. Uma das mais extensas é a versão de Luis Gabriel Portillo publicada na revista Horizon en 1941, no qual nos baseamos para relatar a reação de Unamuno.

 Unamuno, até então em silêncio, levantou-se indignado e pronunciou um apaixonado discurso:
 «Estais esperando que vos fale. Conhecei-me bem e sabeis que sou incapaz de permanecer em silêncio. As vezes, permanecer calado equivale a mentir porque o silêncio pode ser interpretado como aquiescência. Quero fazer alguns comentários ao discurso - se posso chamá-lo assim - do professor Maldonado, que se encontra entre nós.
  «Falou-se aqui da guerra internacional em defesa da civilização cristã; eu mesmo já fiz isso em outras oportunidades. Mas não, a nossa é tão somente uma guerra incivil. Vencer não é convencer, e há, sobretudo, que convencer. O ódio - que não deixa lugar à compaixão - não pode convencer. Um dos oradores aqui presentes é catalão, nascido em Barcelona e está aqui para ensinar a doutrina cristã, que vós não quereis conhecer. Eu mesmo nasci em Bilbao e passei a minha vida ensinando a língua espanhola, a qual desconheceis [...] Deixarei de lado a ofensa pessoal que se deduz da repentina explosão contra bascos e catalães, chamando-os de anti-Espanha até porque com a mesma razão poderiam eles dizer o mesmo.»

 Interrompeu-se, aos gritos, o general José Millán-Astray, o qual alimentava um profundo sentimento de inimizade contra Unamuno, provavelmente, por Miguel ter origem Basca: «Posso falar? Posso falar?» em altos brados e sem esperar «A Catalunha e o País Basco são dois cânceres no corpo da nação! O fascismo, remédio da Espanha, vem para exterminá-los cortando na carne viva como um frio bisturi!».

  Alguém do público tornou a gritar «Viva a morte!»

  Seguiu-se um silêncio mortal, todos os olhos voltados para Unamuno, o qual continuou:
 «Acabo de ouvir o necrófilo e insensato grito de "Viva a morte!". Isto me parece o mesmo que "Morte à Vida". E eu, que passei minha vida compondo frases paradoxais despertando a ira dos que não as compreendiam, devo dizer, como especialista na matéria, esta me parece ridícula e repelente. Como foi proclamada em homenagem ao último orador, entendo ser a ele dirigida, embora de forma excessiva e tortuosa, como testemunho dele mesmo ser um símbolo da morte.
 «O general Milan-Astray é um inválido. Não é necessário dizer isso com um acento pejorativo pois é, de fato, um inválido de guerra. Cervantes também o foi. Contudo, extremos não servem como norma.
 «Desgraçadamente, na Espanha atual, há demasiados mutilados. Atormenta-me pensar no general Millán-Astray poder ditar as normas da psicologia das massas.
 «De um mutilado carente da grandeza espiritual de Cervantes, o qual era um homem viril e completo apesar de suas mutilações, de um inválido desprovido da superioridade de espírito, é de se esperar encontrar um terrível alívio vendo multiplicar-se os mutilados ao seu redor. O general Millán-Astray deseja criar uma nova Espanha, criação negativa, sem dúvida, posto que a sua própria imagem.»

  Millán-Astray exclama irritado «Morra a intelectualidade traidora! Viva a morte!».

  Unamuno, sem intimidar-se, continua: «¡Este é o templo da inteligência e eu sou seu sumo sacerdote! Vós estais profanando este sagrado recinto. Tenho sempre sido, digam o que digam, um profeta de meu próprio país. Vencereis porque tendes sobrada força bruta. Contudo, não convencereis porque para convencer há que persuadir. E para persuadir lhes falta algo que não tendes: razão e direito. Mas me parece inútil cogitar de que pensais na Espanha».

 O público assistente estava encolerizado contra Unamuno e lançando-lhe todo o tipo de insultos. Alguns oficiais sacaram suas pistolas, contudo, graças a intervenção de Carmen Polo de Franco que se agarrou ao braço de Unamuno, ele pode se retirar do recinto.

  Nesse mesmo dia, o Conselho Municipal decretou a expulsão de Unamuno. O proponente, conselheiro Rubio Polo, solicitou a medida sob o argumento de que «...a Espanha, afinal, apunhalada traiçoeiramente pela pseudo-intelectualidade liberal-masônica cuja vida e pensamento ... só na vontade de vingança se manteve firme, em tudo o mais foi sinuosa e oscilante, não teve critérios, somente paixões...». 
  Dias depois, ainda no mês de outubro de 1936, generalíssimo Franco assina o decreto destituindo Unamuno da reitoria da Universidade de Salamanca e o afastando-o da vida pública.
   Esse incidente, ao nosso ver, foi um golpe psicopata preparado para desbancar o filósofo do existencialismo cristão da reitoria da principal universidade do então maior pais católico do mundo! 


Unamuno pregava a verdade acima de tudo, um obstáculo para os mutantes desumanos cuja manipulação baseia-se na tolerância com a mentira.
Todo o mal da sociedade decorre da manipulação (sutil) de crenças pelos psicopatasA tecnologia permite disponibilizar uma vida confortável e segura a toda população. Contudo, isso não acontece. Por que? Porque o objetivo dessa gentalha capaz de tudo é manter a humanidade em um clima de pré-pânico, medo, e desconfiança. Os mutantes acreditam sermos seres inferiores a eles devido à facilidade com a qual nos manipulam através das emoções.
Os psicopatas não permitem acabarmos com as mazelas, pelo contrário, as criam e alimentam porque a carência é sempre o pretexto de novas manipulações aproveitando as boas intenções dos incautos e jogando a culpa nos outros.
 Nós, humanos, somos comandados pelas emoções, e os mutantes as usam para nos controlar.
 Construir 1 MMM - um Mundo Muito Melhor é simples: aprenda a reconhecer essas armadilhas ambulantes http://bit.ly/desumanos e prevenir + evitar a manipulação dissimulada http://bit.ly/perigosos - amplie a rede de conscientização. Provavelmente, o tempo nessa descoberta será um dos melhores investimentos da sua vida!




Em 31 de dezembro de 1936 Unamuno faleceu em Salamanca onde cumpria prisão domiciliar enquanto a ponte Golden Gate em São Francisco estava assim


Em 1937 no Chile, foi publicada mais uma edição de sua obra:


Alguns meses depois do falecimento de Unamuno, o dirigível Hindenburg 
explodiu em 6/5/1937 desencadeando o abandono aquele meio de transporte.
 


     Em 2001, postumamente, Unamuno foi reconduzido ao cargo na Universidade porque a sua obra persiste vivida!






A obra narrativa de Miguel de Unamuno

Desde 1886, escreveu un total de 87 contos dos quais, em 1913, seleccionou 26 para o livro "El espejo de la muerte."
Destacan el que da título al libro o Revolución en la biblioteca de Ciudámuerta.
Paz en la guerra (1895), utiliza o contexto da terceira guerra carlista mostrando a relação do eu com o mundo sob a perspectiva de antever a morte.
Amor y pedagogía (1902), une o cômico e o trágico reduzido ao absurdo da sociología positivista.
Recuerdos de niñez y mocedad (1908) es una obra autobiográfica. En ella el autor vasco reflexiona sobre los primeros años de su vida en Bilbao.
El espejo de la muerte (1913), libro de cuentos.
Niebla (1914), obra clave de Unamuno, que él caracteriza con el nombre «nivola» para separarla de la supuesta forma fija de la novela.
En 1917 escribe Abel Sánchez, donde invierte el tema bíblico de Caín y Abel para presentar la anatomía de la envidia.
Tulio Montalbán (1920) es una novela corta sobre el problema íntimo de la derrota de la personalidad verdadera por la imagen pública del mismo hombre.
También en 1920 se publican tres novelas cortas con un prólogo de gran importancia: Tres novelas ejemplares y un prólogo.
La última narración extensa es La tía Tula (1921), onde apresenta el anhelo de maternidad ya esbozado en Amor y pedagogía y en Dos madres.
Teresa (1924) quadro narrativo com rimasidealizando a recriação de pessoa amada.
Cómo se hace una novela (1927) uma autopsia da novela unamuniana, deparando-me com a palavra nonada (que o autor contrapõe a niilismo), desconfiei do vigor trágico que esta encampa. Deste modo, busco repensar o trágico tal qual Unamuno nos apresenta a partir do nonada, aventurando-me a fundir os dois conceitos.
San Manuel Bueno, mártir (1930), falando de um sacerdote pregando o que não acredita.

Don Sandalio, jugador de ajedrez (1930)




Há um ambiente de acultura da superficialidade provocado pela NOM, Nova Ordem Mundial, para idiotizar a população e facilitar a manipulação.
Os psicopatas são uma mutação induzida pelos reptilianos para criar uma perturbação egrégora planetária impedindo e retardando o desenvolvimento da humanidade. 
Entenda como surgiu o plano de dominação global nesta síntese dos bastidores da geopolítica: https://soundcloud.com/prof_padilla/nova-ordem-mundial-e-o-plano-global-comunista-pelo-ex-sni-coronel-enio-gomes-fontenelle


Em 1994 no programa do João Kléber, o Dr. Enéas advertiu para a "gigantesca desordem, descrença e amargura” a qual, na década seguinte, denominam os "acultura da superficialidade egocêntrica" ainda sem imaginar ser operacionalizada por "inimigos da pátria" pilotados por "inimigos da humanidade".
Na época, não se sabia serem, os psicoPaTas, seres mutantes. O Projeto Genoma engatinhava. O público nem suspeitava da manipulação genética reptiliana. Ah! Não acredite: pesquise a expressão "base dulce" no youtube, inclusive os do documentário do Channel. Na base subterrânea, realizar-se-iam experimentos genéticos! Ouça os depoimentos sobre acordos secretos de governos com outras raça a qual alimenta-se da energia densa gerada pela sexualidade exacerbada, a raiva, a violência e a amargura. Por isso, o mundo está desse jeito, parcialmente tomado por uma dissimulada escravidão psicopato-reptiliana da qual as crianças índigo, alguns já adultos como Sérgio Moro, vieram para nos libertar! 👆👆 https://vimeo.com/160084383

👆👆
O site de notícias português trouxe magnífica síntese da crise brasileira http://observador.pt/especiais/voce-precisa-saber-crise-politica-brasileira/  

  
As crianças índigo e cristal são a resposta Aliada. Índigos não são novidade: Da Vinci e outros luminares o foram, contudo, tiveram filhos "normais". A novidade é, a partir da nossa geração, a condição índigo transmite-se aos descendentes com filhos índigo ou cristal.

Somente por isso e devido à ampla espiritualidade no Brasil, o plano psicopata-reptiliano-comunista de dominação global não funcionou.
 A conscientização que anunciamos amplia-se e, naturalmente cresce a ojeriza pela bandidagem psicoPaTa, muito compreensível diante do teratológico e reiterado comportamento desumano dessa facção criminosa travestida de partido político.

    Qual é a origem de todo o mal?


 Humanos perfeitos não existem.   Se parece perfeito, cuidado! É altamente provável ser um psicopata fingindo ser perfeito enquanto, escondidos, fazem as piores maldades.
  "(...) um magistrado de Rimini começou uma investigação sobre a administração de algumas casas de repouso para idosos. Furo de reportagem (...). Nenhuma dessas casas pertence ao nosso editor, mas, como devem saber, ele possui outras casas de repouso (...). Imaginem só se algum dia esse magistrado de Rimini resolve meter o nariz nos negócios do Comendador também. Portanto, o nosso editor vai ficar satisfeito de ver que se pode lançar uma sombra de suspeita sobre um juiz intrometido. Percebam que hoje, para contra-atacar uma acusação não é necessário provar o contrário, basta deslegitimar o acusador. Portanto, aqui está o nome e o sobrenome do sujeito, e Palatino dá um pulo em Rimini, com um gravador e uma máquina fotográfica. Siga esse íntegro servidor do Estado, ninguém nunca é cem por cento íntegro, mesmo que não seja pedófilo, não tenha matado a avó, nem embolsado propinas, terá feito alguma coisa estranha. Ou então, se me permitem a expressão, estranhifica-se aquilo que ele faz todos os dias. Palatino, use a imaginação. Entendido?" (Umberto Eco, "Número zero", tradução de Ivone Benedetti, p. 123-124).

   A tecnologia atual permite disponibilizar vida confortável e segura para toda a população. Por que isso não acontece? Já pensastes em quanto esforço coordenado é necessário para impedir o progresso e o conforto de todos? Quem está por trás coordenando a confusão? Segundo Malatesta, o mais provável autor de uma maldade é quem tem interesse.
 Sabias haver 2% de seres mutantes desprovidos das caraterísticas psico-espirituais humanas? Esses seres agem para conseguir o que desejam sem medir as consequências. Não ponderaram outras possibilidades e nem se importam com o mal que poderão causar. Para lucrar, são capazes de colocar toxinas na água potável, induzir as pessoas a se prejudicarem e até mesmo matar sem qualquer remorso porque não tem emoções.
  Ao contrário, nós, os humanos, somos pilotados pelas emoções e elas são facilmente usadas pelos mutantes frios e calculistas para nos induzir os comportamentos que eles desejam. Desde pequeno, o psicopata percebe ser diferente e começa a aprender como “os outros” funcionam.
 Em uma sociedade onde falta tempo e as pessoas se isolam, os psicopatas tem facilidade de criar raporte, o 1º estágio da manipulação, simplesmente comportando-se de forma atenciosa. Mostrando simpatia, ouvem as mazelas da vítima (pessoa(s) cuja manipulação é desejada) coletando informações sobre ela e demais dos quais falará.
 Detectado o sistema de crenças e valores da vítima, começa o 2º estágio da manipulação: o psicopata envolve a vítima com sucessivas situação e comunicações artificiais induzindo a crer terem os mesmos ideais e propósitos.
  No 3º estágio da manipulação, como o psicopata vem validando sempre o que a vítima deseja e a emocionando, cria-se uma ancora emocional. A simples presença ou qualquer tipo de comunicação do psicopata percebida pela vítima induz aquela emoção.
  No 4º estágio da manipulação, a vítima idolatra o psicopata e é levada à dissonância cognitiva. Nesse ponto, a vítima vai ser usada para criar, manter e ampliar o ambiente egocêntrico e problemático onde a maldade psicopata se camufla e é mais fácil manipular.
 Onde estão, psicopatas criam apartheid fomentando o egocentrismo, dividindo-nos um grupos e jogando os humanos uns contra os outros.
 O psicopata costuma usar o sexo para acelerar o processo de manipulação e, geralmente, são dispostos a tudo para conquistar a vítima.
 Se você está com dificuldade de entender como alguém pode ser assim, perceba a diferença. Todos nós usuários de um corpo humano somos viciados no disparo de neuropeptídios, na liberação de endorfina, com uma diferença.
  Embora nós, humanos, também apreciemos sensações, somos viciados nas emoções porque o disparo de neuropeptídios, a liberação de endorfina, é muito mais intensa.
   Os mutantes não sentem emoções (embora as finjam!) e são viciados nas sensações, especialmente a de poder desfrutada quando manipulam.
 O processamento humano é mais demorado do que o do mutante porque o juízo de valor humano é como um antivírus: analisa tudo, inclusive o que pensamos conscientemente. Por outro lado, por não processar as consequências e nem analisar as variáveis envolvidas, o mutante decide rapidamente. Pela rapidez, eles parecem ser “mais inteligentes” quando apenas são perigosos! O psicopata é um risco permanente ao bem estar geral. (ecologia).
Os mutantes são incapazes de conexão intuitiva/espiritual.  Consideram-nos seres inferiores devido às nossas crenças espirituais que, para eles, não faz sentido e, sobretudo,  consideram-se superiores a nós devido à facilidade de nos manipular através das emoções.
  Como não sentem emoções, são desprovidos de amor, compaixão, remorso, coragem, motivação, etc.
  Cercam-se de uma entourage idólatra para os proteger (são covardes) e realizar o trabalho (são preguiçosos) mas, sobretudo, porque gostam da sensação de poder que lhes confere o séquito.
  Infiltram-se em organizações educacionais, religiosas e políticas onde, pela natureza funcional, o ambiente facilita a manipulação psicopata que, para melhorar ainda mais as condições de sua atuação, usa as boas intenções para alterar as regras e sistemática de funcionamento visando isolar e dividir permitindo-lhes assumir o controle.
 Viciados na sensação de poder, embora finjam trabalhar pela solução dos problemas, querem aumentá-los porque a carência, assim como a inveja, são pretexto para manipular as pessoas usando a boa vontade e continuar a jogar umas contra as outra.
 Todas as mazelas da sociedade contemporânea decorrem da sutil manipulação das crenças pelos mutantes. Desumanos, são capazes de tudo. Roubar, matar e, até, a manipulação coletiva, a H.E.M. da qual trataremos depois.
 Há décadas, alteram as regras e as práticas da política para criar uma teia de paradoxos afastando os humanos e lhes permitindo dominar. Sempre acenam com boas intenções e, contudo, invariavelmente distanciam-nos delas pois, se atingirmos o bem estar, os mutantes perderão a escravidão dissimulada que lhes alimenta a sensação de poder.
 Aprender a reconhecer essas armadilhas ambulantes e suas estratégias de manipulação http://bit.ly/desumanos é o primeiro para para construirmos 1 MMM .:. um Mundo Muito Melhor .:.
Entenda e aprenda a perceber a manipulação coletiva http://bit.ly/perigosos  
    As duas compilações resultaram de duas décadas de pesquisas cujo 1º registro é dos anos noventa http://www.padilla.adv.br/etica/psico/
 Seja a mudança que quer ver no Mundo. Não se permita mais ser manipulado! Não permita que manipulem pessoas a sua volta. Colabore para ampliarmos a Rede de Conscientização. Provavelmente, o tempo empresado será um dos melhores investimentos da sua vida!

 H.E.M. - Hipnose em Massa
 O que aconteceu no Brasil, até agora, foi efeito do povo apático, em estado de letargia pela H.E.M. - Hipnose em Massa com técnicas de marketing de 3ª geração, induzindo falsas crenças e subvertendo os valores. Líderes do PSDB planejaram tudo: simulando oposição ao PT, dissimuladamente coordena com as Farc e demais organismos do crime organizado através do Foro de São Paulo criado por FHC: https://goo.gl/s6QDxP  + http://bit.ly/Avaaz-NOM  + http://bit.ly/BNDs + http://spotniks.com/10-coisas-que-voce-nao-sabia-sobre-a-relacao-entre-o-pt-e-o-psdb/

   São 4 as estratégias facilitadoras a hipnose coletiva, conheça-as:
 1º. O estado de pré-pânico induzido pela política terrorista do medo: https://vimeo.com/152180430
   2º. O estado de pré-ódio criado  pela política de apartheid acabando com a identidade entre os cidadãos, dividindo a população em grupos opostos e jogando uns contra os outros enquanto incentiva o egocentrismo. O ódio disfarça a falta de fundamento do "falso-humanismo" https://youtu.be/_xy-EDWaMwU  
   3º. O estado de pré-torpor criado pela teia de paradoxos formada por exemplo:
   3.1. Indução ao consumismo desenfreado sem dispor-se de recursos devido a extorsão dos impostos elevados e bitributados porque a população é obrigada a gastar com educacão, saúde, segurança, etc. pagando impostos porque não existem serviços públicos adequados http://bit.ly/impostosEscravidao
 3.2. i-Mobilidade urbana desperdiçando cada vez mais tempo de vida no trânsito contrariando a percepção óbvia de, ao avançar a tecnologia, tudo na vida deveria ficar mais fácil http://bit.ly/imobilidade
    3.3. i-Mobilidade agravada pela repressão ao happy hour (lei seca) e ao uso do celular ao volante, demais das contradições do regramento de trânsito exigindo uso do cinto de segurança ao se deslocar uma quadra a 8 km/h enquanto permite ônibus trafegarem com passageiros em pé e sem segurança alguma.
  3.4. A sexualidade exacerbada em um ambiente de promiscuidade onde os riscos tornam temerário o interagir. Quem possui parceiro, é refreado pelo estresse. O desejo amplificado embora a satisfação seja dificultada ampliam a ansiedade.
  3.5. Insegurança apesar das tecnologias cada vez mais baratas de monitoramento por rede de câmeras e fiscalização por drones vigilantes com teaser acionados da central permitam acabar com praticamente toda a violência na área pública urbana. http://padilla-luiz.blogspot.com.br/2015/01/dissimulada-ditadura-psicopata.html
  3.6. Embora incumba-lhe o dever de garantir a segurança e a paz social, o governo terrorista promove a criminalidade mediante políticas desumanas de defesa dos bandidos, perseguição às polícias e abandono das vítimas ampliando a desordem, a ilicitude e a injustiça.

  4º. A política de saúde pública terrorista transgênica e tóxica reduzindo a capacidade intelectual da população http://bit.ly/fluor-envenena
 Com tanta coisa errada, a capacidade cognitiva e de mobilização do povo é reduzida. A pessoa acha “normal” não querer pensar nessas incomodações e se deixa levar pelas distrações porque está aprisionada no holograma da hipnose de massa.
 Isso tem saída? Sim! Basta cada pessoa consciente começar a interagir - um a um - com os hipnotizados aproveitando (ou provocando!) encontros casuais: na fila do supermercado, na saída do culto, na entrada dos hospitais, etc.
 Para conseguir retirar uma pessoa desse estado de torpor é necessário o contato pessoal. Para funcionar com eficácia, siga as dicas de abordagem. 
 Vale a pena dedicar um tempo a entender como abordar para despertar! Será um dos melhores investimentos que poderás fazer para salvar o pais (e a humanidade pois o Brasil é continental e estratégico para desencadear o caos global)
Em cada aspecto, os links ampliam as informações e os fundamentos: são vídeos e páginas do blog ou do portal iniciado a mais de duas décadas. Você, apesar de procurar estar bem informado, ainda não conhecia porque a NOM implementa, desde os anos sessenta, uma sucessão de estratégias de desinformação incluindo o assédio, bullying e assassinato de reputação contra quem ousa se opor à idiotização coletiva!

Ao definir os padrões comportamentais patriotas, aceleramos a identificação dos falsos que estão no meio de nós atrapalhando! Confira sugestões do tópico 7 em http://bit.ly/Infiltrad


Como abordar uma pessoa desconhecida? Educadamente! Peça licença para lhe perguntar:
- Com licença… Posso perguntar-lhe o que você está achando da situação do país?
Geralmente, vestir uma camiseta com escritos "fora dilma" ou "fora pt" etc. causa rappor, isto é, identificação e simpatia, facilitando a abordagem.
 A educação ao abordar impressiona e cativa. Geralmente, não é esperada e algumas pessoas estão carentes devido à acultura induzida pelos controladores. A NOM promove o egocentrismo para isolar as pessoas e facilitar a manipulação das massas.
Agindo assim, precisarás de apenas três minutos de paciência para mudar o mundo!

Escute a pessoa e, de alguns até 90 segundos, detectará o grau de desinformação e poderá, em outros, no máximo, 90 segundos, “encaixar” na conversa um folheto sobre um ou os 4 tópicos:

  1º. É completo o aparelhamento do governo pelo crime organizado que não sairá do poder senão pela força! A ligação do PT com as Farc e demais organismos do crime organizado através do Foro de São Paulo criado por FHC. exemplo de informações https://goo.gl/s6QDxP + http://bit.ly/Avaaz-NOM + http://bit.ly/BNDs Lula é um manipulador https://youtu.be/RW2qzqmKAzM

 . Nada adianta trocar os chefes da quadrilha porque o sequestro do país continuará igual. Enfrentamos mutantes desumanos capazes de tudo. O objetivo deles é a escravização da humanidade considerada, por eles, como seres inferiores devido a facilidade deles em manipular a nós, humanos, através das emoções: exemplo de informações http://bit.ly/desumanos + http://bit.ly/perigosos


 . O poder pertence ao povo, Constituição Federal artigo primeiro, e o poder instituinte pode derrubar TODO o governo mediante o clamor popular que será seguido do cumprimento das leis pelas Forças Armadas: legalistas, os planos de prisão de toda a bandidagem e de organizando das eleições gerais curto prazo estão prontos, aguardando o clamor popular. O Brasil é um pais rico e precisamos prender todos os ladrōes: exemplo de informações http://bit.ly/Niobio + https://vimeo.com/144022880  

  4º. Muitas pessoas ainda estão assombradas por falsas crenças e valores invertidos, sem perceber os terroristas desumanos em pele de cordeiro devido à idolatria da bandidagem e à infâmia contra as Forças Armadas! No período do Governo Militar, não houve as 3 características das ditaduras, todas presentes no Brasil atual: exemplo de informações  http://bit.ly/contragolpe1964  

 O boato sobre a suposta ganância dos militares pelo poder não passa de mentira. Estiveram no poder e o devolveram aos civis. Ademais, tem todas armas e se quisessem o poder político, o tomariam facilmente...

Sugerimos falar “no máximo 90 segundos,”  porque o tempo é escasso e a vida é correria. Contudo, se a pessoa demonstrar dispor de tempo e quiser mais informações, disponha de uma reserva de paciência para falar um pouco mais. Contudo, tenha sempre, engatilhado mais algum folheto para poder fechar de forma educada, recomendando uma leitura.

  Dos folhetos:
 Os folhetos eficazes usam a linguagem direta: http://www.padilla.adv.br/processo/comunicacao/
  Frases curtas e com apenas uma afirmação.
  Revise. Peça para outros Patriotas ajudarem.
   Ao aperfeiçoar, o resultado será muito melhor.

Em https://goo.gl/inUcZt há esboços e informativos.
 "Abordagem… acc"
Para tornar a sua panfletagem mais eficaz, ouça “Os textos e os idiotas nunca estão perfeitos?”: https://drive.google.com/open?id=0B2CNDxRTI8HAU0ltcUd1aUsyaGY1LUxyb24wc3N0S2IySHZ3

No panfleto, cada bloco (parágrafo) de informações pode finalizar com um "saiba mais" ou "não acredite: pesquise na internet informações como", seguido de links ou indicações de sites onde informar-se
 Sinta-se a vontade para divulgar os links de acesso às pastas desta Rede de Conscientização, exceto a seção das análises sobre mav e demais desinformantes pois, para o movimento patriota, é melhor eles ainda não saberem que foram descobertos para enredarem-se ainda mais nas tramas de mentiras e desinformação.

 Da transição:
Parabéns Conscientizador: estás auxiliando Irmãos a despertarem do engodo psicopata!
 Isso muda-lhes a perspectiva e desencadeia uma reavaliação do sistema de crenças e valores. O inconsciente é uma teia de conexões de crenças apoiando-se mutuamente.
Tomar consciência do engodo causa um impacto similar ao de um insight-psicoterápico, de um reimprint-PNL.
Inicia-se uma ressignificação sistêmica levando de 2 a 15 dias para consolidar o despertar
Ao final, o Despertado somar-se-á aos Conscientizadores.

 Da boa notícia!
 A progressão é geométrica: iniciando a abordagem com 5% da população, basta conscientizares uma pessoa num dia e, em uma semana (tempo médio da ressignificação) a Rede Consciente dobra para 10%.
Na 2ª semana, a conscientização inicia com 10%...
  Na 3ª semana, seremos 20%;   na 4ª, 40%;   na 5ª semana 80%...  Fim do domínio psicopata do crime organizado!
Essas projeções são pessimistas: consideraram um conscientizado por semana. Contudo, a conscientização pode ser diária, não é mesmo? Atinge-se o resultado muito mais rápido abordando nas saídas de culto, nos terminais (fins) de linha ou pontos de troca de transporte, nas entradas de hospitais e postos de saúde, etc.
 Faz sentido?


       Dos Mav e demais desinformantes:
   E se você, sem querer, topar com um desses esquerdopatas?

  A chance de você topar com um esquerdopata é pequena. São parcela ínfima (por volta de 7%) e passam grande parte do tempo na internet.
Contudo, esteja preparado:
Ante um simpatizante da esquerda, sinta pena!
 Isto mesmo! Sinta pena porque estás diante de um ser inferior!
 Pelo menos nesse momento, esse ser abriu mão da condição humana de enfrentarmos e superarmos dificuldades para conquistar uma vida melhor.
 Esse ser tornou-se quase desprezível ao associar-se a uma doutrina com lindas promessas de conforto sem esforço o que, obviamente, é falso. Essa pessoa é inferior ao ponto de não perceber ser uma evidente mentira essa doutrina.
A vida é uma competição iniciada a 4 bilhões de anos. Assista esta abordagem sobre o esporte e a emoção serem a essência da vida humana e, certamente, ampliará a noção inata sobre a competitividade da vida: http://bit.ly/4plano
 Ao sentires pena, ficarás vacinado contra tudarr  tática esquerdopata: esses serem inferiores foram adestrados a provocar o padrão de ódio pata desestabilizar emocionalmente. Eles sempre fazem isso porque não possuem argumentos lógicos.

 Vacinado, olharás com superioridade, sorrirá e até poderá entregar um folheto sugerindo analisar as informações. Resista ao impulso de dizer “vai estudar vagabundo”. Você é superior! Demonstre isso!

  Se o esquerdopata tiver atitudes como rasgar, jogar no chão, etc.?
Olhe-o com ainda maior superioridade. Comente o quanto precisa aprender sobre:
 - Democracia ser respeitar a opinião alheia e sobre sujar o meio ambiente ser uma das maiores demonstrações de estupidez.

COMO o MAV tira o foco do movimento patriota? Conheça o exemplo do Decálogo de Lenin:  https://docs.google.com/document/d/19yvFL2AR_hFGI1UFNZoLIKV1ggPZgX2HV6piuzFlOl8/edit?usp=sharing



  Como colaborar com a construção da rede de conscientização?
 O que realmente acontece nos bastidores e os inimigos da Pátria e da humanidade escondem é revelada em seleção de áudios pinçados de diversos grupos de whatsapp e hangouts e nas provas nesta pasta: https://goo.gl/ZFYlYX
   Participes da "rede de conscientização”:
 1. colabore com a edição dessa pasta -> passe de forma reservada (email, inbox do facebook e “na lateral” do whatsapp) o seu endereço de gmail para ser adicionado como editor;
 2. processe e compartilhe as informações: a pasta é pública, pode divulgar.
 3. na  "rede de conscientização”, há pastas restritas coletando informações sobre os infiltrados e aproveitadores prejudicando o movimento de libertação; destinam-se a identificarmos os 5ª coluna: colabore com elas também!
4. Se não puder ou quiser ser editor e, contudo, dispuser de informações, por favor, ajude a rápida colocação na pasta:
4.1. Crie um arquivo em word, open office, rtf, ou qualquer outro editor de texto.
4.2. Insira as imagens no local adequado do texto.
4.3. Solicite ajuda a algum colega do Grupo Patriota para revisar e melhorar.
4.4. Após estar revisado, a ideia está amadurecida e você vai poder mudar o nome do arquivo. O nome do arquivo é fundamental para, dentro da pasta, quem acessar poder saber do que se trata e localizar.
4.5. Envies como anexo para o email Conscientização Patriota conscientizacaopatriota@gmail.com
  Da ansiedade: como atenuá-la?
 A percepção do domínio comunista psicopata-reptiliano angustia! Todos os patriotas enfrentam diferentes graus de ansiedade. Homeopatia ajuda a estabilizar e controlar a ansiedade. Não há contra indicações e foi recomendada pelos Aliados. Saiba como: http://bit.ly/ansiedade-homeopatia



  “Não temos mais tempo para conscientizar.” Ah, é?
    Quando se fala em conscientização, é comum começar um jogral sobre não termos mais tempo para conscientizar” ou não ser possível fazê-lo devido à ignorância do povo. Atenção para a origem disso, onde encontrará seres mal intencionados querendo colocar todo o país em uma fria.
  Estudo da Rede de Conscientização projeta luz sobre:
  Por que as Forças Armadas  parecem  apáticas?
 Qual o verdadeiro interesse de quem pede a intervenção antes da conscientização? https://docs.google.com/document/d/17b3FlF9fA8r2shP380B2aJstCWqAdYmDmcuwMm2LmPs/edit?usp=sharing  esse e qualquer outro link da Rede de Conscientização pode ser compartilhado como e com quem você desejar.
  

  Fraterno Abraço
  Prof. PADilla

Escutes: