quinta-feira, 1 de outubro de 2015

elevam impostos e educação piora

 A crise da educação é a raiz de todas?
 Em duas semanas, em 15 de outubro, é o dia do professor. No final do mês, dia 28 de outubro, é o dia do servidor público, portanto, seria o mês dedicado ao professor do sistema oficial de ensino. Contudo, há algum motivo para comemorar? A educação no Brasil está cada vez pior. A remuneração dos docentes, cada vez mais, é aviltada.
 A crise da educação é planejada. A idiotização da população ambientar a evasão dos recursosA manipulação envolve farsas como a do pagamento da dívida externaA dívida externa não foi paga! Apenas trocaram os credores externos, cujos juros eram baixos (2% ao ano) pela dívida interna com juros elevados, em cada mês são maiores do que os anuais anteriores. Sobre a dívida, obviamente, a quadrilha recebeu e recebe propinas bilionárias transformando a dívida num sistema de pilhagemassista à auditora de finanças aposentada Maria Lúcia Fatorelli:

  Só a "conspiração mineral", por dia, desvia mais de um bilhão!

 Mais de um bilhão POR DIA?!?!?! Já pensou? Estancar apenas esse dos vários desvios de recursos resolveria todos os problemas do país!!!


 A deficiente educação no Brasil está comprovada nos números comparando aos vizinhos sul americanos:
- porcentagem de universitários inferior ao Paraguai;
- apenas 3% de bilingues;
- A Argentina conta com 5 prêmios Nobel, a Colômbia 3, o Chile 3, a Venezuela 1 e o Brasil nada, zero, coisa nenhuma!
- Nenhuma entre as 300 melhores Universidades do mundo.
- Em 2013, surgiram 300.000 novos analfabetos.
- No ranking da ONU 2012, caiu 3 posições para o 88º no mundo: atrás de Belize, Ilhas Fiji, Tchad, Azerbaijão, Ilhas Maurícios, Uzbequistão, Mongólia, Paraguai, Trinidad e Tobago, Belarus, Tijiquistão, Botswana, São Tomé e Príncipe, Namíbia, Santa Lúcia, Moldavia, e até da Palestina em guerra!
 Enem 529 mil zeros! http://glo.bo/1Cf8J30

 - O país tem 9% de analfabetos e 33 milhões de analfabetos funcionais.

 Estamos cercados de demonstrações do analfabetismo funcional como, por exemplo, nas promoções encontradas só aqui.

 Em nenhuma outra parte do mundo vais encontrar esses anúncios:

Só no Brasil existe esse saboroso mamífero, o frango bovino:

 
Só aqui existe a berinjela genérica:


Para aquecer as crianças rebeldes, roupas do inferno infantil!

Travesseiros personalizados com nome: Flavinho só dorme com este:


Coelhos alados:
 
 A esta altura, estaríamos chorando de rir, não fosse trágico...

Alimentos de odor intenso!

Produtos de dupla ação: você pode escovar os dentes e os cabelos com esse creme anticaspa:


Nenhum lugar do mundo oferece um aquecimento tão rápido para um casal:


Até bundas são comercializadas nas grandes redes:


 
Mesa testada e aprovada contra DST:


 
Os fornecedores oferecem brindes para o conforto das coxas:


Plantas violentas para colocar na entrada e proteger o ambiente:


 Isso não é casual, algo que aconteceu: conjugaram-se os interesses da classe política e dos líderes financeiros, os comandos das grandes indústrias e das grandes redes de comunicação, todos juntos para idiotizar a população:


 É mais fácil manipular e impor padrões de consumo e comportamento a analfabetos funcionais.

 A crise da educação é programada! Cuidadosamente programada a acontecer a raiz de todas as demais (inclusive e especialmente a, do Direito!):



Todo desmanche institucional seria impossível sem a manipulação.

Como fazem?

Através da indução subliminar pela mídia:



Facilitada pela redução da saúde induzindo um estado de pré morbidez reduzindo a capacidade de pensar: 


  Em países desenvolvidos, os professores são valorizados e recebem pagamento dignos. Aqui, os salários aviltantes e as condições de trabalho são precárias.

Nem sempre o ensino foi desvalorizado no Brasil. Quando iniciei o ensino superior em 1989, no regime de 20 horas um auxiliar de ensino recebia cerca de mil dólares mensais. 

Hoje, 25 anos depois, corrigindo-se o dólar pela sua inflação, seria mais de 2 mil dólares mensais; contudo, o vencimento básico é um décimo do que deveria!

O governo recusa sequer a repor a inflação: alega "falta" de recursos. Mentem: o $ roubado da Petrobras resolveria todas demandas.

Apenas o gasto pelo Governo Federal em publicidade no ano passado é suficiente para resolver todas as carências da educação!

A crise do ensino é mantida por ser a raiz de todas as crises: todos problemas são programados. Enquanto fingem combater o mal, os falsos humanistas cavam mais fundo o buraco!
 Saiba mais sobre a percepção de mais de duas décadas e meia de pesquisas, todo o mal que aflige a sociedade é programado por psicopatas, esses falsos humanistas dissimulados fingindo combater os problemas que eles mesmos criaram e aumentam!!! http://padilla-luiz.blogspot.com.br/2013/08/tgp-transdisciplinar.html e
http://www.padilla.adv.br/processo/tgp/


Descubra o quanto escondem de você:
http://padilla-luiz.blogspot.com/2015/03/genocidio-armenio-x-preconceito.html



 Acultura da superficialidade: 
 Implantada no Brasil a partir de 1970 disseminando o egocentrismo, chegou ao ponto de, hoje, a maioria das pessoas não entenderem, e algumas nem acreditam na cultura ecológica da cooperação.
 O egocentrismo contraria a ecologia; cria um ambiente urbano selvagem propício à manipulação psicoPaTa a qual se baseia em jogar os decentes uns contra os outros: se as pessoas adotam o princípio de vida de coexistir pacificamente vacinam-se do jogar umas contra as outras; reduz a manipulação e destranca o trânsito. 


  O simples fato das pessoas se conscientizarem disto é um passo gigantesco para reverter a disfarçada ditadura psicopata espalhada pelos falsos humanistas violando os direitos humanos: 

http://youtu.be/uCnIKEOtbfc


 Descubra o poder da Rede Globo neste documentário cuja exibição foi proibida pela Justiça brasileira.

A história secreta da Rede Globo from Prof. PADilla UFRGS Sports Law on Vimeo.
http://vimeo.com/116805749

 Produzido por Simon Hartog no canal 4 da BBC em 1993, depois a Rede Record comprou os direitos, contudo, nunca o mostrou na televisão. Obviamente ai tem...
A História Secreta da Rede Globo também denomina o livro publicado pela editora Tchê! em 1986. Escrito por Daniel Herz, foi republicado 14 vezes por outras editoras e se tornou a fonte de inspiração para o documentário "Muito Além do Cidadão Kane".

Com depoimentos de jornalistas, historiadores, estudiosos da sociedade brasileira e personalidades como Leonel Brizola, Chico Buarque, Washington Olivetto, entre outros, desnuda as relações de Roberto Marinho, dono da Rede Globo, com a ditadura militar, além dos procedimentos hiper super estruturação da emissora, alguns ilegais, como:

- Apoio à censura a artistas, como Chico Buarque; por anos, era proibido divulgar o seu nome na emissora, o que só mudou quando a Globo associou-se ao PT.

- Os cortes e manipulações efetuados, como na edição do último debate entre Luiz Inácio da Silva e Fernando Collor de Mello e demais fatores influenciando a eleição de 1989.

- Criação de mitos culturalmente questionáveis, veiculação de notícias frívolas e alienação humana.

"Todo brasileiro deveria ver Além do Cidadão Kane"

ASSISTA TAMBÉM:

O quadro inédito do programa Fantástico o qual a Rede Globo jamais veiculou por revelar como manipulam a audiência. Esconderam por mostrar como a televisão altera a realidade. 
Há cenas hilárias de Paulo Maluf dando dicas de como fingir, até a Mulata Globeleza e Carla Perez fluentemente "ensinando" ciências. Usando o Teleprompter e outras técnicas, pessoas do povo são travestidas de "políticos" mostrando o quanto é fácil manipular a opinião de quem assiste e forjar falsas lideranças. Guardaram, para eventualmente usar alguma cena e nunca foi ao ar... Até vazar! Esse vídeo integra um conjunto demonstrando a manipulação inicia em 


Fantástico distorce a realidade: Como a midia cria falsas crenças e inverte valores *1/4 (enfoque oposto ao do vídeo 3/4) from Prof. PADilla UFRGS Sports Law on Vimeo.

vimeo.com/pad/difamando


Observe como a Rede Globo manipula comparando essa e mais duas reportagens https://vimeo.com/10911267 e https://vimeo.com/38954378 
 Com enfoque exatamente oposto em

Artes Marciais educam: Como a mídia inverte valores *3/4 (enfoque oposto ao do vídeo 1/4) from Prof. PADilla UFRGS Sports Law on Vimeo.

https://vimeo.com/10913665 
embora todos sejam da mesma época e tenham por objeto a mesma atividade e pelo mesmo grupamento social.

 Toda essa manipulação oculta o desvio de recursos e das terras raras e o ofuscamento de quem denuncia a trama da NOM:



  ENSINO e  AMOR
  Nenhum dos lançadores dos fundamentos da pedagogia moderna deu mais importância ao amor, especialmente ao materno, do que o suíço Johann Heinrich Pestalozzi (1746-1827): "Para se conseguir estancar a miséria do povo, em sua fonte, precisar-se-ia cultivar, desde a infância, as faculdades físicas, intelectuais, e morais do homem, e desenvolver pela educação os bons sentimentos que Deus depositou  em gérmen no coração de todos os seus filhos."

  Inovador, Pestalozzi lançou as bases da educação moderna ao conceber um sistema de ensino prático e flexível procurando estimular as faculdades intelectuais e físicas da criança com o afeto num papel central: "O único meio de por termo à desordem social, às fermentações e revoltas populares, assim como aos abusos do despotismo dos governantes e das multidões, é enobrecer o homem."

   A crise da educação reflete a acultura da superficialidade, medo e egocentrismo opostos ao amor o qual envolve plenitude, confiança e desprendimento! Não a toa, um dos discípulos mais ilustres foi o pedagogo francês Hippolyte Leon Denizard Rival (1804-1869), imortalizado sob o pseudônimo de Allan Kardec, codificador do Espiritismo.

 Defasagem de 61,42% na correção da Tabela do Imposto de Renda (IR) prejudica ainda mais os professores e a todos os assalariados!

 Comemorar o que?       A tabela do Imposto de Renda (IR) deveria ser corrigida anualmente em porcentagem igual à inflação, o que não acontece desde 1996. A defasagem da Tabela do IR pesa no bolso do assalariado afetando-o de três maneiras: abaixa o limite de isenção (obrigando trabalhadores com rendimentos baixos a declarar e pagar IR); abaixo as faixas de taxação reduzindo os abatimentos de gastos como, por exemplo, com a educação ou saúde.
 De 1996 até hoje: congelamento da tabela e defasagem!   Em 1996 (primeiro governo FHC), começou o congelamento da tabela até 2001 (segundo governo FHC). Nos anos seguintes (governos Lula e Dilma), os reajustes foram inferiores ao IPCA. Desde 2007, as correções foram de 4,5% (meta de inflação alegada pelo governo). Todos os anos, o IPCA ficou acima deste patamar, em 5,91%, aumentando a defasagem em 1,35%. Em 2014, a previsão é de que o ICPA será de 6,5%, aumentando ainda mais a defasagem.
 Qual é a dimensão da defasagem?  Entre 1996 e 2013, o IPCA acumulado foi de 206,64% contra um reajuste de 89,96% nas faixas de cobrança do IR! O Sindicato Nacional dos Auditores Fiscais da Receita Federal (Sindifisco) fez diversos cálculos. Um deles aponta uma defasagem de 61,42% em relação à inflação oficial (IPCA). O Sindifisco fez comparações com outros indicadores. Na comparação com o Salário Mínimo (SM), por exemplo, a defasagem atinge 256,69%. Em 1996, o valor do SM era de R$ 100,00, enquanto, em janeiro de 2013, estava em R$ 678,00 – alta de 578%. Outra comparação: segundo o mesmo sindicato, o limite de isenção do IR foi congelado em 90,08%.
 A Presidência está mal informada ou falta com a verdade?
 Em seu discurso alusivo ao "Dia do Trabalho", divulgado em rádio e TV, a presidente Dilma Roussef anunciou que a tabela do Imposto de Renda iria ser corrigida, porém sem especificar o percentual de "correção", e afirmou que isso iria "significar um importante ganho salarial indireto e mais dinheiro no bolso do trabalhador".
 Depois, a assessoria do Palácio do Planalto esclareceu o reajuste ser, como nos anos anteriores, de 4,5% - ou seja, novamente inferior à inflação! Isso diminuiu a quantidade de isentos, aumenta os pagadores de IR e amplia a quantia a ser paga! Fontes: Correio do Povo: 03/03/2014, p. 7; idem, on-line: 30/04/2014;Sindifisco Nacional.

Brastra.gif (4376 bytes)
Presidência da República
Casa Civil
Subchefia para Assuntos Jurídicos
2 de maio de 2014
Medida Provisória nº 644, de 30.4.2014 - Altera os valores da tabela do imposto sobre a renda da pessoa física; altera a Lei nº 7.713, de 22 de dezembro de 1988, a Lei nº 9.250, de 26 de dezembro de 1995, e a Lei nº 11.482, de 31 de maio de 2007.
Decreto nº 8.232, de 30.4.2014 - Altera o Decreto nº 5.209, de 17 de setembro de 2004, que regulamenta o Programa Bolsa Família, e o Decreto nº 7.492, de 2 de junho de 2011, que institui o Plano Brasil Sem Miséria.
-